Actividades

HOMEEnglish
Actividades

Colóquio «"Lembrar-me-ei desta noite, nem que viva mil anos": Ritmos, Vivências e Percepções da Noite na Época Moderna»

De 17-04-2018 a 18-04-2018


09h30 | 17 de Abril; 10h00 | 18 de Abril — NOVA FCSH — Auditório 1 (Torre B, piso 1) | Entrada Livre



A dualidade da noite é uma realidade de todos os tempos e de todas as civilizações.

A chegada da escuridão sempre alterou os ritmos da vida humana, intimamente relacionados com o ciclo da luz natural. Para a generalidade da sociedade, o pôr-do-sol anuncia abrandamento e recolhimento, à medida que o dia de trabalho dá lugar às horas de descanso. Mas, na sua outra face, a noite fomenta divertimentos, intimidades e vícios que lhe são próprios. Para uns, surgem oportunidades para o segredo, a insubordinação ou o desvio. Para outros, as trevas e os seus mistérios inspiram a devoção, a introspecção ou o temor.

Lugar destas vivências contrastantes, a noite gera percepções complexas e contraditórias. Podemos detectá-las na acção dos poderes, nas crenças religiosas, nas representações artísticas, na cultura letrada e em momentos rituais e do quotidiano.

Estas realidades podem ser analisadas sob os mais variados pontos de vista – da antropologia aos estudos literários, da filosofia à história da arte, entre tantos outros. Assim, em resposta à escassez de produção historiográfica especificamente dedicada à noite, propomos uma perspectiva histórica centrada na Época Moderna (séculos XV a XVIII).

Concebemos quatro painéis com base em questões que julgamos úteis a uma primeira sondagem do tema: quais as relações e articulações entre os poderes e a noite? Que traços estéticos e simbólicos da noite surgem na arte, nas festas e nas devoções? Que reflexões e desvios nos comportamentos e crenças são suscitados pelo recolhimento nocturno? Nas ruas, que personagens e dinâmicas habitam e configuram a noite?


Com a troca de ideias proposta por este inquérito, procuramos dar azo a uma exploração da noite na Época Moderna que, longe de definitiva, queremos inovadora e historiograficamente pertinente.



Organização:

  • André Filipe Godinho 
  • Andreia Fontenete Louro 
  • Catarina dos Santos Viegas 
  • César Pedro Rodrigues
  • Miguel Filipe Saraiva
  • Raquel Gomes Justo




Comissão Científica



Organização
- CHAM / FCSH/NOVA | UAc




Cartaz | Poster(.pdf)

Programa | Programme(.pdf)

Livro de Resumos | Abstracts(.pdf)