Actividades

HOMEEnglish
Actividades

Exposição documental «Isto anda tudo ligado»: Ulmeiro 50 anos de intervenção cultural 1969-2019

04-05-2019


Abertura a 4 de Maio na Fábrica Braço de Prata — Sala Duras e Sala Eduardo Prado Coelho, Lisboa



A exposição documental «Isto anda tudo ligado»: Ulmeiro 50 anos de intervenção cultural 1969-2019» é um primeiro contributo para a compreensão do papel duma instituição cultural de referência no panorama editorial, livreiro, cultural e cívico do último meio século português e para o estudo das interacções que estabeleceu com os espaços ibero-americano, lusófono e internacionalista.

A Ulmeiro surgiu em 1969 enquanto livraria-distribuidora para integrar a resistência frentista à ditadura salazarista. Foi idealizada pelo jovem mas já experiente José Antunes Ribeiro, então colaborador na revista O Tempo e o Modo, e estendeu-se à edição logo em Janeiro de 1970, com Isto anda tudo ligado, de Eduardo Guerra Carneiro.

Durante estes 50 anos a Ulmeiro erigiu-se em espaço emblemático de intervenção cultural e cívica, de intercâmbio de livros e ideias alternativas. Organizou tertúlias cívicas e literárias, denunciou o colonialismo, a Guerra colonial e o salazarismo, e advogou um certo internacionalismo conectado com os países em vias de desenvolvimento. Revelou novos escritores latino-americanos, teóricos revolucionários diversos, poetas de correntes inovadoras (da beat generation, do grupo Árvore, da poesia experimental, etc.) e muitos autores portugueses e doutros países, como Angola, Cabo-Verde ou Moçambique. Tornou-se ainda uma referência entre as livrarias e editoras independentes que resistiam à lógica mercantil e contrariaram a perda de diversidade cultural.

Esta mostra será complementada com uma série de actividades culturais no mesmo período, designadamente: tertúlias sobre a edição independente (evolução e perspectivas) e o lugar da literatura policial e a influência do pensador Agostinho da Silva (e suas presenças no catálogo da Ulmeiro); exibição de documentários vários; e sessões de poesia e música em torno da poesia de autores portugueses.

Promotores da exposição documental: CHAM/ Grupo de investigação «Leitura e formas da escrita»; Espaço Ulmeiro Associação Cultural; Fábrica Braço de Prata

Comissão Organizadora: Daniel Melo e Pedro Piedade Marques

Promotores dos restantes eventos: Espaço Ulmeiro Associação Cultural; Fábrica Braço de Prata; Folio Exemplar

Comissão Organizadora: Daniel Melo, José Antunes Ribeiro e Filipe Rodrigues





Organização
- CHAM / FCSH/NOVA | UAc
- Espaço Ulmeiro
- Braço de Prata