HOMEEnglish
Investigador
Maria Augusta Lima Cruz

Investigador Integrado

Professor Associado
Universidade do Minho

augustalimacruz@gmail.com

Grupo de Investigação:
Leitura e formas de escrita

Áreas de Investigação:
Edição de texto
História cultural
História da expansão portuguesa
História social


Centrada na expansão portuguesa na Ásia e no Norte de África (Marrocos), séculos XV a XVII, a investigação que tenho vindo a desenvolver estrutura-se preferencialmente em torno dos seguintes eixos:
- Edição de obras, nomeadamente do género narrativo ou tratadístico, com fixação de texto interpretativa e/ou crítica, anotações históricas e filológicas e índices analíticos.
- Reflexão sobre os discursos letrados da época, práticas de escrita, arqueologia da criação literária e sua hermenêutica
- Estudo de certos percursos e comportamentos sociais, colectivos e individuais, dando especial enfoque a determinados tipos sociais – renegados, degredados e outros marginalizados - na perspectiva de compreensão do papel que tiveram enquanto agentes de construção do império colonial e mediadores entre mundos e culturas.
Actualmente, tenho em curso:
- A edição, em parceria com Jorge Flores, de dois diálogos seiscentistas sobre Ceilão – a «Jornada de Huva» (1633) de Filipe Botelho e «Jornada do reino de Huva» (1635) de autor anónimo.
- Conjunto de estudos monográficos (aspectos sociais, institucionais e políticos) sobre a presença portuguesa na cidade de Azamor (Marrocos), no seguimento de projecto de investigação «Portugal e o Sul de Marrocos: contactos e confrontos» (PTDC/HAH/71027/2006) que coordenei.
- Estudo biográfico sobre o jesuíta Luís Gonçalves da Câmara, confessor do rei D. Sebastião e um dos mais influentes ideólogos do seu reinado.
No que ao trabalho em equipa se refere, planifico, com outros investigadores, lançamento de projecto colectivo sobre os cativos de Alcácer Quibir.



Curriculum Vitae(Pdf)

Os conteúdos desta página são da responsabilidade do investigador.