Linhas Temáticas

HOMEEnglish
Património e Memória Apresentação

«Património Cultural e Memória» está no âmago do domínio científico da História. O conhecimento actual de um passado remoto é alcançado através de diferentes metodologias, mediações e mediadores, mas é sempre consolidado através da herança, do que é salvo, voluntariamente ou não, do passado. Dentro do CHAM – Centro de Humanidades, a memória é um instrumento transversal a cada grupo de trabalho, passando pelas especificidades de cada área de estudo. Universalidade que se exprime numa dimensão dupla: primeira, de natureza passiva, em que a herança é reunida e absorvida espontaneamente, possibilitando a identificação dos pesquisadores com os temas, conceitos e dinâmicas; uma segunda, de natureza activa, que gera inovação e novas perspectivas, permitindo que agentes do conhecimento e receptores construam novas memórias.

No processo de construção da(s) memória(s) histórica(s) recorremos a fontes escritas, materiais e imateriais.

No contexto do CHAM – Centro de Humanidades a contribuição da linha temática “Património e Memória” não deve ser reflexiva e interrogativa, combinando duas estratégias que pretendem contribuir para as respostas às questões: como deve o património cultural ser preservado? Porque e para quê se preserva o património cultural?

A reflexão sobre estas questões deve considerar duas interpretações combinadas na linha temática “Património e Memória”, designadamente:

  • do espírito do património cultural; isto é, a constatação de que a sedimentação das memórias é sempre um processo artificial, uma vez que surge em função dos problemas e interesses do presente, tratando-se, portanto, de uma construção e não de um fenómeno inato. Nesse sentido, o progressivo conhecimento do passado não é senão o reflexo das novas questões do presente.
  • o património cultural como instrumento de análise: dentro deste escopo, será dada relevância aos processos de inventário, de documentação e classificação.
Coordenação: Carla Alferes Pinto