Actividades

HOMEEnglish
Notícias

12-09-2016

Projecto ProCASC

No dia 7 de Setembro o projecto Carta Arqueológica Subaquática do Concelho de Cascais levou a cabo a recuperação ao largo de Carcavelos, de um canhão em bronze datado do séc. XVII. 

Este canhão de bronze, do século XVII, em excelente estado de conservação, será objecto de recuperação por parte da Câmara Municipal de Cascais, através do seu Núcleo de Património Histórico e Cultural. Recuperação que obedece a um plano rigoroso de conservação que passará por um tratamento em laboratório nas reservas arqueológicas municipais. Importa recordar que a Convenção da UNESCO para a Proteção do Património Cultural Subaquático incentiva a preservação in situ quando estão reunidas as condições de proteção e valorização das peças.

Este projecto de Carta Arqueológica Subaquática de Cascais conta com uma equipa multidisciplinar, composta por dois arqueólogos, um historiador, um conservador e um biólogo.


Esta intervenção envolveu várias instituições entre elas a Câmara Municipal de Cascais, o CINAV, o CHAM e a EMPEC/M@rbis. Contou ainda com o apoio do Porto de Recreios de Oeiras e com o Catamaran Movido a Água da Top Pop.


A Linha de Investigação do Mar, do CHAM também acompanhou todos os trabalhos de recuperação do canhão em bronze bem como trabalho das biólogas da EMPEC/M@rbis na recolha de amostras biológica das concreções do canhão para o projecto de Sistema de Informação para a Biodiversidade Marinha.