Projectos

HOMEEnglish
Estudo, Valorização e Monitorização dos Sítios Arqueológicos Angra A, Angra B, Angra E e Angra F e Navio de Angra D (PIAS)  Descrição

Durante todo o século XVI e parte do XVII, a baía de Angra do Heroísmo, situada na costa Sul da ilha Terceira, foi considerada principal escala atlântica e porto oceânico para os navios portugueses e espanhóis que regressavam à Europa com as riquezas do Novo Mundo e do Oriente. Ancoradouro natural por excelência, protegido dos ventos dominantes do quadrante Norte/Nordeste, a baía de Angra é sensível às tempestades de Sul/Sudoeste, que estão na origem de inúmeros naufrágios ali ocorridos atestados na documentação e na tradição oral e confirmados em diversas evidências arqueológicas que apenas recentemente começaram a ser identificadas.

O Projecto PIAS visa contribuir para o estudo do porto de Angra do Heroísmo dos séculos XV a XIX, através da investigação, monitorização e valorização dos sítios arqueológicos Angra A, B, D, E, F, I e J. Estes sítios situam-se no Parque Arqueológico da baía de Angra do Heroísmo, criado pelo Governo Regional dos Açores, entidade que tutela o património da região. As actividades desenvolvidas enquadram-se por isso nas propostas de protecção e gestão definidas no Decreto Regulamentar Regional n.º20/2005/A de 12 de Outubro, onde são consideradas importantes a salvaguarda e o estudo do património arqueológico subaquático ou a divulgação de um turismo cultural associado à promoção do conhecimento da história dos Açores. Como consequência, o estudo proposto pretende contribuir para uma melhor gestão do património da baía de Angra ao fornecer à Região Autónoma dos Açores os elementos necessários para uma avaliação das medidas de monitorização, preservação e valorização turística a implementar futuramente nestes vestígios. Outro dos objectivos do projecto prende-se com o levantamento da documentação escrita relacionada com esta temática, promovendo assim uma análise integrada de ambas as fontes, históricas e arqueológicas.

Objectivos

Objectivos Gerais

  • Classificar e avaliar o potencial científico e turístico-cultural do património arqueológico subaquático da Região Autónoma dos Açores;

  • Contribuir para a divulgação e afirmação da Região Autónoma dos Açores no contexto dos circuitos culturais e de investigação científica no domínio da arqueologia subaquática à escala internacional;

  • Desenvolver um programa de investigação integrada das fontes históricas e arqueológicas relacionadas com o porto de Angra do Heroísmo nos séculos XVI a XIX;

  • Promover a investigação sobre os navios da expansão e a navegação no Atlântico com base em fontes arqueológicas;

  • Contribuir para a valorização e aproveitamento turístico-cultural do património cultural dos Açores, divulgação e participação da comunidade no levantamento e estudo dos sítios arqueológicos do projecto;

  • Colaborar na implementação de medidas de monitorização e protecção do património cultural subaquático da baía de Angra.



Objectivos Específicos

  • Levantamento e registo arqueológico dos sítios Angra A, Angra B, Angra E e Angra F (reconhecimento visual e caracterização das condições gerais; delimitação do contexto arqueológico principal e prospecção da área envolvente; levantamento em planta, fotografia e vídeo dos vestígios arqueológicos identificados; avaliação das condições de jazida e caracterização dos vestígios móveis);

  • Registo e estudo dos elementos do navio Angra D e da documentação disponível sobre a fase de escavação;

  • Avaliação do potencial científico e turístico-cultural dos sítios arqueológicos referidos (elaboração de um plano geral de protecção, monitorização e valorização de cada um dos sítios);

  • Levantamento de fontes históricas e iconográficas relacionadas com a utilização do porto de Angra. Este trabalho de investigação incidirá principalmente sobre a documentação depositada em dois arquivos: Arquivo Histórico Ultramarino e Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra do Heroísmo;

  • Estudo integrado dos dados históricos e arqueológicos obtidos.

Início: 2006

Duração: 48 meses

Investigador Principal: José António Bettencourt (CHAM) / José Damião Rodrigues (CHAM)


Instituições
Entidade(s) Financiadora(s)
- Governo dos Açores

Unidade de Investigação Principal
- Centro de História d'Aquém e d'Além-Mar / Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/Universidade Nova de Lisboa | Universidade dos Açores

Apoios
- Universidade dos Açores
- Clube Náutico de Angra do Heroísmo
- Octopus
- Serviços de Acção Social da Universidade dos Açores


Ligações