Projectos

HOMEEnglish
Prosopografia das Comunidades Lusófonas residentes e de passagem nas Filipinas Descrição

Tendo a investigadora responsável pelo projecto acumulado experiência no que respeita à massa documental e problemáticas referentes a Macau, nomeadamente entre finais do século XVI e meados do século XVII, pretendemos alargar o espectro de análise em torno da ordem social, mecanismos de hierarquização social e relações de poder desta cidade portuária internacional, direccionando a pesquisa para um rastreio da presença portuguesa nas Filipinas, e em particular em Manila. Neste sentido, propomo-nos fazer uma prosopografia das comunidades lusófonas residentes ou de passagem nas Filipinas entre 1582 e 1654, datas correspondentes à recepção da notícia da união das Coroas Ibéricas em Macau, e do corte formal das relações político-económicas entre esta cidade e Manila.

Atendendo ao facto de Macau ser uma cidade de carácter multicultural sustentada com base numa parceria dominante, composta pelas elites mercantis com acesso ao poder, jesuítas e chineses agregados à «parentelas» de filiação portuguesa, procuraremos a partir de acções políticas inteligíveis e de mudanças ideológicas e culturais por nós identificadas – algumas das quais relacionadas com dinâmicas de integração e conflito no quadro das Monarquias Ibéricas, situar a actuação de grupos de origem portuguesa, rastreando-os a partir de documentação do Archivo General de Índias (Sevilha). Para além de partirmos de índices de análise de cariz geográfico, consideraremos outro tipo de coordenadas como por exemplo, associações grupais do tipo empresarial (atendendo à origem étnica e mecanismos de associação das mesmas) e temática, seriadas com base nas correlações estabelecidas.

Objectivos

A sistematização e divulgação dos resultados à comunidade científica, na qual colaborarão em equipa, investigadores com experiência na articulação do eixo Macau-Manila, no estudo da presença portuguesa na Ásia Oriental em articulação com a Nova Espanha, bem como licenciados na qualidade de formandos, será feita através da informatização dos mesmos, e com posterior diulgação online.

Propomo-nos atingir cinco objectivos:

  • Desenvolver a partir dos fundos documentais do Archivo General de Índias, uma via de pesquisa ainda pouco explorada, rastreando a presença portuguesa para a qual os estudos que os investigadores envolvidos os têm encaminhado;

  • Fortalecer e complementar os conhecimentos da comunidade científica e dos investigadores actuantes na pesquisa, cujos trabalhos se centram em Macau, na Ásia Oriental e Nova Espanha;

  • Promover a cooperação entre centros de investigação nacionais e universidades estrangeiras;

  • Propocionar ao investigadores licenciados intervenientes, traquejo na análise de fontes documentais;

  • Disponibilizar à comunidade científica os resultados da pesquisa a partir de um workshop e de uma base de dados online;

  • Divulgar os resultados alcançados num ciclo de conferências.


Código: PTDC/HIS-HIS/114992/2009

Início: 2011

Duração: 42 meses

Investigador Principal: Elsa Penalva (CHAM)


Instituições
Entidade(s) Financiadora(s)
- Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Unidade de Investigação Promotora
- Faculdade de Ciências Sociais e Humanas / Universidade Nova de Lisboa

Unidade de Investigação Principal
- Centro de História d'Aquém e d'Além-Mar / Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/Universidade Nova de Lisboa | Universidade dos Açores