Projectos

HOMEEnglish
Arqueologia Marítima da Ria de Aveiro (AMRA) Descrição

A ria de Aveiro influenciou a ocupação humana do centro de Portugal dando origem a comunidades fortemente marcadas pelas actividades marítimas. As características naturais deste espaço resultaram num registo arqueológico subaquático diversificado, constituído por quase uma dezena de sítios arqueológicos, e na formação de uma paisagem onde abundam elementos relacionados com actividades marítimas, nomeadamente portuárias.

Ciente da importância do estudo deste espaço, o projecto Arqueologia Marítima da Ria de Aveiro (AMRA) pretende desenvolver investigação sobre sítios arqueológicos subaquáticos do período medieval e moderno descobertos no interior da laguna e relacionados com problemáticas ligadas à navegação, à construção naval e às dinâmicas económicas da ria.
Entre os vestígios contam-se três sítios de naufrágio do período medieval-moderno, um de tradição ibero-atlântica que transportava uma carga de cerâmica comum produzida na região (Ria de Aveiro A), dois com características típicas da construção naval norte europeia (Ria de Aveiro F e Ria de Aveiro G), um contexto portuário num dos canais de acesso à cidade, e ainda um quarto naufrágio, ainda de cronologia indeterminada, com uma carga de cerâmica de construção.

Numa perspectiva global este projecto visa enquadrar estes vestígios no seu contexto histórico-cultural, procurando compreender, através do estudo das materialidades e da análise das fontes históricas, o papel de Aveiro nas dinâmicas económicas do espaço atlântico durante este período, realçando o papel das suas olarias, cujas produções terão atingido difusão comercial significativa, tendo sido já identificadas nos arquipélagos atlânticos (Madeira, Açores e Canárias) muitas vezes associadas à produção de açúcar; e em contextos ingleses e norte americanos relacionados com actividades piscatórias.

Os trabalhos a realizar correspondem essencialmente ao estudo das colecções já recuperadas, à reavaliação de dados de prospecção geofísica, à prospecção visual em mergulho, ao registo e a sondagens de avaliação.

Objectivos


Constituem objectivos gerais do projecto:

  • Contribuir para a divulgação e afirmação da região de Aveiro no contexto dos circuitos culturais e de investigação científica à escala mundial;

  • Promover a investigação sobre os navios, a navegação e o comércio em Aveiro com base em fontes arqueológicas;

  • Desenvolver um programa de investigação integrada das fontes históricas e arqueológicas relacionadas com actividades marítimas nas margens da Ria de Aveiro;

  • Identificar, caracterizar e valorizar o potencial científico, pedagógico e cultural do património arqueológico subaquático da Ria de Aveiro;

  • Contribuir para a valorização e divulgação do património cultural da Ria junto da sua comunidade;

  • Colaborar na implementação de medidas de monitorização e salvaguarda do património cultural subaquático da laguna.

Início: 2012

Duração: 37 meses

Investigador Principal: Inês Pinto Coelho (CHAM) / José António Bettencourt (CHAM) / Patrícia Carvalho (CHAM)


Instituições
Unidade de Investigação Promotora
- Faculdade de Ciências Sociais e Humanas / Universidade Nova de Lisboa

Unidade de Investigação Principal
- Centro de História d'Aquém e d'Além-Mar / Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/Universidade Nova de Lisboa | Universidade dos Açores

Apoios
- Fundação para a Ciência e a Tecnologia
- Centro Nacional de Arqueologia Náutica e Subaquática / Direcção Geral do Património Cultural