CHAM TALKS13.01.2023
Literaturas africanas, ecossistemas e paisagens, por Ana Maria Martinho

   

Literaturas africanas, ecossistemas e paisagens.

 

Em que medida instrumentos teóricos como a ecocrítica, o pensamento decolonial e o feminismo nos ajudam a compreender narrativas e ensaios de autores africanos como Paulina Chiziane, Ruy Duarte de Carvalho, Dina Salústio, Pepetela ou Luandino Vieira? Como estão presentes nestes textos as memórias sonoras e visuais das paisagens rurais e urbanas? A memória histórica está impressa também nas narrativas orais? Nos textos ficcionais, a mulher tem um papel preponderante na afirmação de modelos alternativos de família? Ana Maria Martinho responde a estas questões no sétimo episódio de «CHAM Talks, um podcast para ouvir ciência».

 

Ana Maria Martinho é Professora Associada na Universidade Nova de Lisboa, Membro da Comissão Executiva do Departamento de Estudos Portugueses (NOVA FCSH), Investigadora Integrada do CHAM (em que coordena o Seminário Permanente em Estudos Africanos) e Investigadora Associada do CREPAL (Sorbonne Nouvelle). Tem experiência de investigação e docência universitária em Portugal e no estrangeiro e integra a Cátedra de LP da Universidade Católica de Angola. Trabalha sobre Teoria e Literatura Africana, Cultura, Literatura e Ecocrítica. Tem-se dedicado desde o início da sua carreira à divulgação das Literaturas em Língua Portuguesa e a cooperação académica internacional, também no âmbito do Português como Língua não Materna.

 

 

A entrevista é conduzida por Daniella Zerbinatti.


 

Coordenação

Isabel Araújo Branco (CHAM)

 

Organização

CHAM / NOVA FCSH

 

CHAM TALKS