Isabel Araújo Branco


 

Investigadora Integrada Doutorada   .   Investigadora e Professora Auxiliar da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/Universidade Nova de Lisboa

 

Contacto

ibranco@fcsh.unl.pt
 

Grupo de Investigação

Cultura, história e pensamento ibéricos e ibero-americanos
 

Áreas de Investigação

Estudos literários

 

ORCID

0000-0003-2204-5501

 

Ciência ID

7518-0FEC-CFE8

 

Isabel Araújo Branco é Professora Auxiliar na Universidade NOVA de Lisboa na área dos Estudos Hispânicos (Literaturas e Tradução). É Investigadora Integrada no CHAM-Centro de Humanidades (NOVA FCSH-UAc). Investiga as origens do realismo mágico ibérico e as relações entre as literaturas e culturas hispânicas e portuguesa (em especial nos séculos XX e XXI), entre outros temas. Recebeu o Prémio Científico Internacional Mário Quartin Graça, pela sua tese de douramento «A recepção das literaturas hispano-americanas na literatura portuguesa contemporânea: edição, tradução e criação literária», em 2015.

Integra a Acção COST CA16204 «Distant Reading for European Literary History» (2017-2021), financiada pelo Programa Horizonte 2020 da União Europeia. Participação no projecto do portal «Editores y Editoriales Iberoamericanos (siglos XIX-XXI)-EDI-RED» da Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes. Foi responsável pela curadoria para a área da Poesia no âmbito de Lisboa 2017, Capital Ibérica e Ibero-Americana da Cultura.

É doutorada em Estudos Literários Comparados pela Universidade NOVA de Lisboa. É mestre em Literatura Comparada (NOVA FCSH) e em Estudos Contemporâneos da América Latina (Universidad Complutense de Madrid) e licenciada em Ciências da Comunicação e em Estudos Portugueses (NOVA FCSH). É colaboradora do Centro de Estudos Comparatistas (Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa). Integra o Grupo de Investigación en Literatura Contemporánea (GILCO, Universidad de Alcalá). Colabora regularmente com a Casa da América Latina (Lisboa).

Entre outras publicações, conta-se Tradução e edição de obras hispano-americanas em Portugal (Berlin, Peter Lang, 2020).

 

 

Os conteúdos desta página são da responsabilidade do investigador.