PT EN

 

 

O CHAM é responsável pela edição de quatro colecções de estudos e de fontes cujo objectivo é divulgar resultados de projectos de investigação e de trabalhos que decorreram da partilha e discussão de conhecimento no âmbito de encontros científicos. Além destas iniciativas editoriais, o CHAM também co-edita e apoia publicações de outras instituições científicas no âmbito da sua Extra Colecção.



 

 

Inaugurada em 2002, a colecção E&D reúne 28 títulos, desde monografias e conjuntos de estudos sobre temas particulares, até à publicação de fontes. Actualmente é a colecção de perfil mais internacional do CHAM, publicando sobretudo monografias e volumes colectivos que reúnem contributos correlacionados com as temáticas de investigação desenvolvidas no Centro, maioritariamente, da autoria de investigadores externos estrangeiros.

 

 

 

Esta colecção, em formato exclusivamente digital, é de âmbito mais lato e publica monografias, ensaios, volumes colectivos e fontes históricas resultado, maioritariamente, de investigação colectiva e individual desenvolvida no Centro.

 

 

 

Colecção que visa a divulgação de trabalhos na área da arqueologia moderna, dando particular atenção a questões como a salvaguarda, a conservação e a valorização do património arqueológico, com especial foco nos territórios, estruturas e materiais resultantes do processo da expansão portuguesa nos séculos XV a XIX.

 

 

 

Colecção que decorre de uma parceria internacional entre a EDUFBA e o CHAM, e tem por objectivo reflectir sobre o conjunto da experiência imperial/colonial portuguesa, contribuindo para o debate historiográfico recente sobre história dos impérios e história atlântica.

 

 

 

A Extra-Colecção reúne um conjunto de obras publicadas por editoras externas (académicas ou comerciais) que contam com a participação de investigadores do Centro e cuja investigação foi desenvolvida no (ou em colaboração com) o CHAM.